E isso mesmo! Depois das bicicletas e patinentes compartilhados, Vitória contará com o serviço de compartilhamento de veículos da startup iUPi. A previsão é de que o serviço esteja disponível nos próximos meses.

FUNCIONA ASSIM: o interessado baixa o app, faz um cadastro e acessa a localização dos carros livres à sua volta. Ao chegar na estação o próximo passo é apenas de destravá-lo pelo aplicativo e sair dirigindo por aí. Cada locação terá um custo inicial de R$ 4,90 para destravar o carro e valor de R$ 0,60 por minuto. Se o condutor utilizar o veículo por mais de seis horas, esse valor cai para R$ 0,40 o minuto; acima de 12 horas, sai por R$ 0,30 o minuto; por mais de um dia, o minuto custará R$ 0,10. Sempre com o valor fixo de R$ 4,90 para destravar o carro, sem custo adicional por quilometragem ou combustível.

Essa proposta de carros compartilhados é um modelo de locação que consiste em uma frota de veículos que podem ser retirados em várias estações ao longo das cidades e usados por diferentes usuários ao longo do dia. No exterior, o carsharing é utilizado em maior escala na China, países da Europa e Estados Unidos. No Brasil, alguns serviços já estão disponíveis em São Paulo, Belo Horizonte, Paraná e Fortaleza.

A previsão das idealizadoras Aline Santos, engenheira eletricista e fundadora da VEB – Veículos Elétricos do Brasil, e Tatiana Yeh, administradora e CFO da GlobalIdCode, é de que estejam disponíveis 30 carros de modelos hatch e sedan, em parceria com as locadoras.